quarta-feira, 30 de março de 2011

Casamento de Fiona e Shrek desagrada a bispo em Garibaldi (RS)

Fonte: Folha
Por JEAN-PHILIP STRUCK, de São Paulo

Foi literalmente um casamento de conto de fadas que a cabeleireira Denise Flores, 30, planejou. Fantasiada de Fiona, ela se casou com seu Shrek, o tapeceiro Marcelo Basso, 39, numa cerimônia na matriz de Garibaldi (RS).

Isso diante de 600 convidados fantasiados, a maioria como personagens do longa de animação "Shrek" (2001).

Entretanto, como no desenho do ogro, nem tudo correu bem. A cerimônia temática, realizada em 12 de março, recebeu críticas do bispo da diocese de Caxias do Sul, superior do frade que a celebrou --ele era um dos poucos presentes sem fantasia.

Cinco dias após o casamento, dom Paulo Moretto, o bispo, o repreendeu publicamente. "Nós, católicos, temos ritos e linguagem adequados", disse em nota, que afirmava que os trajes devem ser "fundamentados na fé e não inspirados na imaginação e na fantasia".

O coordenador da diocese de Caxias, padre Gilmar Marchesini, diz que o padre não será afastado. "A diocese só se manifestou porque fiéis de Garibaldi nos procuraram por se sentirem ofendidos."

Segundo o irmão da noiva, Daniel Flores, o casal não imaginava tanta polêmica. "A cerimônia demorou um ano para ser preparada. Foram várias conversas com o frade, que exigiu só que os ritos não fossem alterados."

No convite, em forma de pergaminho, os convidados foram incentivados a comparecer fantasiados. Na igreja havia um gato de botas, um burro, reis e rainhas, além de de piratas e pessoas com roupas típicas gaúchas.

Fã da animação, a recém-casada Denise disse que admira a princesa Fiona por causa da personalidade forte. "O Shrek, apesar de feio, tem coração. A Fiona, apesar de ser uma ogra, tem atitude."
Postar um comentário