terça-feira, 4 de outubro de 2011

Espiritualidade é diferente de Religião

Fonte: Blog A Inteligência do Lótus

A religião não é apenas uma, são centenas.
A espiritualidade é apenas uma.

A religião é para os que dormem, é crença.
A espiritualidade é para os que estão despertos, é sabedoria.

A religião é para os que querem ser guiados por alguém.
A espiritualidade é para os que prestão atenção à sua Voz Interior.

A religião tem um conjunto de regras dogmáticas.
A espiritualidade convida a raciocinar sobre tudo, a questionar tudo.

A religião ameaça e amedronta.
A espiritualidade lhe dá Paz Interior.

A religião fala de pecado e de culpa.
A espiritualidade lhe diz: “aprenda com o erro.”

A religião reprime tudo, faz-lhe falso.
A espiritualidade transcende tudo, faz-lhe verdadeiro.

A religião não é Deus.
A espiritualidade é Tudo e, portanto, é Deus.

A religião inventa.
A espiritualidade descobre.

A religião não indaga nem questiona é dogmática.
A espiritualidade questiona tudo.

A religião é humana, é uma organização com regras.
A espiritualidade é Divina, sem regras.

A religião é causa de divisões.
A espiritualidade é causa de união.

A religião lhe busca para que acredite.
A espiritualidade você tem que buscá-la.

A religião segue os preceitos de um livro sagrado.
A espiritualidade busca o sagrado em todos os livros e na Natureza.

A religião se alimenta do medo e da culpa.
A espiritualidade se alimenta na Confiança e na Fé.

A religião faz viver no pensamento.
A espiritualidade faz viver na intuição da Consciência.

A religião se ocupa com fazer, é exotérica.
A espiritualidade se ocupa com Ser, é esotérica.

A religião alimenta o ego.
A espiritualidade nos faz transcender.

A religião nos faz renunciar ao mundo.
A espiritualidade nos faz viver em Deus, não renunciar a Ele.

A religião sonha com a glória e com o paraíso.
A espiritualidade nos faz viver a glória e o paraíso aqui e agora.

A religião vive no passado e no futuro.
A espiritualidade vive no presente.

A religião enclausura nossa memória.
A espiritualidade liberta nossa Consciência.

A religião crê na vida eterna.
A espiritualidade nos faz consciente da vida eterna.

A religião promete para depois da morte.
A espiritualidade encontra Deus em nosso interior durante a vida.

A religião é falar com Deus.
A espiritualidade é escutar o que Ele fala.

A religião é pedir a Deus.
A espiritualidade é receber o que Ele quer dar.

A religião é curvar-se a Deus.
A espiritualidade é deixar Deus tornar-se Deus dentro de nós.

A religião é adoração.
A espiritualidade é Meditação

by – AMINAEREAL (P+D)
(Fonte – Flávio Girol, Suâmi Sírio Silva)

CONCEITOS:

ESPIRITUALIDADE s.f. Qualidade daquilo que é espiritual: a espiritualidade da alma. / Teologia Prática, exercícios devotos que têm por objeto a vida espiritual: livro de espiritualidade.

ESPIRITUALISMO s.m. Filosofia religiosa que prega a existência de um ser ou realidade distinto da matéria. Este ser pode ser chamado mente ou espírito. Algumas pessoas acreditam que a mente, ou espírito, é a única realidade. Esta crença é conhecida como idealismo espiritualista.

ESPIRITISMO s.f. Doutrina religiosa e filosófica que se baseia na crença da sobrevivência do espírito, afirmando existir comunicação entre vivos (almas encarnadas) e mortos (almas desencarnadas), através da mediunidade. - Os princípios fundamentais do espiritismo são: existência de Deus e da alma; lei da reencarnação, espírito assume sucessivas formas materiais para aperfeiçoar-se; e lei do carma, o destino de cada espírito é traçado pelos atos praticados em suas sucessivas vidas terrenas. A história do espiritismo começou nos E.U.A., em 1848, com os fenômenos paranormais sucedidos com Katherine e Margaretta Fox. Foi o francês Allan Kardec (em 1857) o codificador do espiritismo, afirmando-se o chefe doutrinário de uma ciência ditada pelos espíritos. Em pouco tempo, sociedades espiritas surgiram pelo mundo, com membros de todas as classes sociais. No Brasil, o espiritismo assumiu acentuado caráter religioso, ganhando numerosos adeptos. O movimento orientado pela Federação Espírita Brasileira, que tem grande atividade social, promovendo obras assistenciais.Dentre os médiuns brasileiros destacam-se Zé Arigó, cirurgião de Congonhas do Campo (MG) e Chico Xavier, o líder espirita mais famoso do país. Não são raros os grupos religiosos em que o espiritismo se mistura com influências indígenas (Pajelança) e africanas (candomblé). A Umbanda, por exemplo, resultou desta assimilação.

RELIGIÃO s.f. Culto rendido à divindade. / Fé; convicções religiosas, crença: a religião transforma o indivíduo. / Doutrina religiosa: religião cristã. / Tendência para crer em um ente supremo. / Acatamento às coisas santas. / Fig. Coisa a que se vota respeito: o trabalho era para ele uma religião.

(Fonte - Enciclopédia Koogan-Houaiss Digital)
Postar um comentário