domingo, 17 de fevereiro de 2013

Plano de Ensino de Introdução à Filosofia - Curso de Direito - UNIOESTE / MCR



UNIVERSIDADE ESTADUAL DO OESTE DO PARANÁ

PRÓ-REITORIA DE GRADUAÇÃO



PLANO DE ENSINO - PERÍODO LETIVO/ANO  2013
ANO DO CURSO     

Curso: Direito         Modalidade: Bacharelado     Turno: Matutino

Centro:  Centro de Ciências Sociais Aplicadas

Campus: Marechal Cândido Rondon

Disciplina


Código
Nome
Carga horária

AT1

AP2
APS3
Total

4226
Introdução à Filosofia
68


68

(1 Aula Teórica;   2 Aula Prática;  3 Atividade Prática Supervisionada)

Docente:
Prof. Ms. Celito De Bona

Ementa

(Constante no PPP vigente)
Especificidade da Filosofia: Origem, Conceitos, Problemas e Temas Relevantes do Discurso Filosófico – Questões Fundamentais da Filosofia: Epistemológicas, Antropológicas, Ontológicas, Éticas.

Objetivos

a) Analisar noções fundamentais da epistemologia do conhecimento;
b) Situar o saber jurídico na produção do conhecimento cultural;
c) Demonstrar a relação entre filosofia e normatização;
d) Discutir as principais tendências filosóficas contemporâneas do direito.

Conteúdo Programático

I – FILOSOFIA DO CONHECIMENTO
1.    A filosofia grega e a questão da verdade
  1. O direito e a construção de regras de expressão da verdade
  2. As regras do contrato social
  3. O cidadão e a impossibilidade de ignorância da lei
  4. A Opacidade do Direito

II – O CONHECIMENTO FORA DA FILOSOFIA
  1. Saber cotidiano
  2. Práticas delituosas
  3. Sujeito social, sujeito de direitos, sujeitos leitores
  4. Novos saberes, saberes rebeldes

III – CULTURA CRISTÃ
  1. O poder vem do céu;
  2. Os primeiros cristãos;
  3. Cristianismo árabe;
  4. A monarquia celeste;
  5. Medievalismo do pensamento;
  6. Direito canônico; tortura, confissão, Santa Inquisição.


IV – PENSAMENTO MODERNO
  1. Thomas Morus – a economia
  2. Martinho Lutero – a fé
  3. René Descartes – método para as ciencias
  4. Hobbes e Locke – a propriedade como liberdade
  5. Beccaria – a pena justa
  6. Emanuel Kant- conhecimento e utilidade

V – FILOSOFIA CONTEMPORÂNEA
  1. Hegel – a liberdade do Estado
  2. Friedrich Nietzsche – a liberdade do sujeito
  3. Michel Foucault – liberdade e poder
  4. Miguel Reale – uma liberdade tridimensional
  5. Michel de Certeau – o cotidiano como momentos de fazer e conhecer


Atividades Práticas – grupos de ........ alunos


 

Atividades Práticas Supervisionadas – grupos de ........ alunos


Metodologia

a)Pressuposto Metodológico:
O desenvolvimento da disciplina, seu corpo teórico, as fontes que serão utilizadas bem como as estratégias de ensino estarão voltadas para despertar no aluno a percepção do lugar social em que ele está inserido. Considerando que se trata de um curso com formação específica em Direito, será destacada a relação da dimensão política do conhecimento profissional e sua relação com a sociedade normatizada, regularizadas pela ordem política, legal e até mesmo cultural. Desta forma, ao ser dimensionado uma história do pensamento político com suas formas de governo, poderes, leis, teorias, etc., ao mesmo tempo terá como objetivo situar o indivíduo no universo político atual, dando assim, uma dimensão de historicidade para o seu exercício profissional; Além disso, buscar-se-á apresentar o pensamento dos principais filósofos ocidentais e sua contribuição para a formação do atual ordenamento jurídico e sua inserção com problemas jurídicos históricos e atuais, de níveis local, estadual, federal e internacional como forma de análise da contemporaneidade pelo prisma filosófico.

b)Estratégias:
Será utilizado o método expositivo; uso de fichas; uso de transparência; leitura dinâmica; discussão de texto; comentário de obras e autores. Produção de texto em conjunto e de forma individual.


Avaliação

(critérios, notas, pesos, procedimentos, instrumentos e periodicidade)
  1. A avaliação escrita bimestral será realizada após a discussão de autores elencados na bibliografia e que completem os objetivos e o programa. Constará da produção de texto de forma individual, onde o aluno fará uma aplicação dos princípios teóricos discutidos pelo(s) autor(es) em questão, e que deverá expressar clareza conceitual, articulação de conteúdos e coerência lógica na cadência da narrativa do texto, bem como a articulação com o objeto da avaliação. Para essa atividade, será atribuído valor de  0 a 100. Será aplicada 4 avaliações do decorrer do ano letivo, sendo duas no primeiro semestre.
  2. Além das avaliações escritas, poderão ser utilizadas outras formas de avaliação, como elaboração e apresentação de trabalhos, tanto na forma individual como em grupo.




Bibliografia básica

CASTILHO, Ricardo. Filosofia do Direito. São Paulo: Saraiva, 2012.
DROIT, Roger-Pol. Filosofia em cinco lições. Rio de Janeiro: Nova Fronteira, 2012.
MORRISON, Wayne. Filosofia do Direito. Dos gregos ao pós-modernismo. São Paulo: Martins Fontes, 2006.

Bibliografia complementar

AQUINO, Santo Tomas. A cidade de deus. São Paulo: abril Cultural, 1999.
BONAPARTE, Tony e Flaherty, John E. Peter Drucker: Filosofia e Métodos. São Paulo: Pioneira, 1992.
BOURDIEU, Pierre. O poder simbólico. Rio de Janeiro: Bertrand, 1989.
            _____ . A economia das trocas lingüísticas. São Paulo: EDUSP, 1996.
CASSIRER, Ernst. Antropologia filosófica. São Paulo: Editora Mestre Jou, 1972.
CERTEAU, Michel de. A cultura no plural. São Paulo: Papirus, 1995.
CERTEAU. A invenção do cotidianoArtes de fazer. 2. ed. São Paulo: Vozes, 1994.
CHATELET, François e DUHAMEL, Olivier. História das idéias políticas. Rio de Janeiro: Zahar Editores, 1997.
FOUCAULT, M. A verdade e as formas jurídicas. Rio de Janeiro: Nau Editores,                                                   1996.
FOUCAULT,  M. A Microfísica do poder. 10. ed..São Paulo: Editora da USP, 1992.
FOUCAULT,  M. As palavras e as coisas. 6. ed. São Paulo: Martins Fontes, 1992.
FOUCAULT,  M. Em defesa da sociedade. São Paulo: Martins fontes, 1999.
FOUCAULT,  M. A ordem do discurso. 4. ed. São Paulo: Loyola, 1998.
Habermas, Jürgen. Direito e Democracia Entre Facticidade e Validade Vol. 1 - Col. Biblioteca Tempo Universitário, 2008.
JOVILET, Régis. Vocabulário de filosofia. Agir Editora, 1974.
LÉVIS-STRAUSS. Claude. Minhas palavras.  2.ed. São Paulo: Brasiliense, 1991._
MACHADO, Roberto. Nietsche e a verdade. Rio de Janeiro: Rocco, 1984.__
MATOS, Olegária C.F. O Iluminismo visionário:Benjamin, leitor de Descartes e Kant.  São Paulo: Brasiliense, 1993.
MONDIN, Batista. Curso de Filosofia. São Paulo: Paulinas, 1997.
NIETZSCHE, F. A Gaia ciência. Lisboa: Guimarães Editores, 1987.
ORTIZ, Renato. Cultura e modernidade. São Paulo: Brasiliense, 1991.
SILIGMANN-SILVA. Márcio. Ler o livro do mundo. Walter Benjamim: romantismo e crítica literária. São Paulo: Editora Iluminuras Ltda, 1999.__


Data 17/08/2011.                                  _____________________________

Assinatura do docente proponente

Colegiado de Curso (aprovação)


Ata nº ........, de ......../......./.......

Coordenador de curso:                                                        _________________________
assinatura

Conselho de Centro (homologação)


Ata nº ........, de ......../......./.......

Diretor de Centro:                                                     _________________________
                                                                                                     assinatura

Encaminhada cópia à Secretaria Acadêmica em..............................................................
                                               __________________________________                                                                                                nome/assinatura
Postar um comentário